Governo do Distrito Federal
25/08/21 às 15h14 - Atualizado em 30/09/22 às 14h19

Bactérias não identificadas na Rede SES-DF

COMPARTILHAR

   Agravos

Rotina de identificação bacteriana – Cepas não identificadas na SES-DF


   Cadastro TrakCare

CEPA, Cultura para identificação de bactérias


   Cadastro LabTrak

M054


   Cadastro GAL

Agravo/Doença: 

Pesquisas/Exames: Bactérias, Identificação

 

Link Guia Rápido para Cadastro de Requisição no GAL


   Método

Identificação por MALDI-TOF


   Status de Realização

Exames sendo realizado


   Amostra/quantidade

Material: Placa de Petri com cultura pura do microrganismo de interesse.

Volume mínimo: não se aplica


   Acondicionamento para o envio das amostras

Temperatura de envio: Ambiente

Temperatura de acondicionamento após isolamento: 2 a 8º C

Envio: até 48 horas


   Período de coleta

Informar data de coleta


   Documentação específica

  • Ficha de Requisição do GAL (Link Requisição Modelo) contendo:
    • Número da requisição;
    • Dados do paciente;
    • Unidade de saúde onde o microrganismo foi isolado;
    • Sítio de coleta;
    • Nome do responsável pela solicitação;
    • Exame Solicitado.
  • Laudo do Laboratório da unidade requisitante contendo a identificação do microrganismo.

   Prazo de liberação

Em até 7 dias úteis.

 

OBS: Em caso de necessidade de realização de teste de sensibilidade aos antimocrobianos para os patógenos Haemophilus influenzae e Streptococcus pneumoniae, as amostras serão encaminhadas para o laboratório de referência nacional (Instituto Adolfo Lutz – IAL). Nesse caso, o prazo de liberação dos resultados será definido pelo IAL.


   Critérios de rejeição de amostra

Amostra sem identificação ou com identificação ilegível e/ou discordante;

Amostra sem acondicionamento adequado;

Cultura contaminada;

Amostra sem a documentação específica.


   Núcleo

Núcleo de Bacteriologia – GBM/NBAC

Laboratório Central de Saúde Pública - Governo do Distrito Federal

LACEN-DF

SGAN 601, Lote O/P - Asa Norte